sábado, 27 de novembro de 2010

Pedrinha (Do fanatismo)

O fanatismo é o inimigo número um da liberdade, da cultura e da ciência. O fanático não tem dúvidas. Por isso impõe a sua verdade; se necessário for, pela violência. Mas sem dúvidas, não construímos nada de novo, vivemos de ideias fossilizadas.
(António Coimbra de Matos)

Sem comentários:

Publicar um comentário